Desenhando um casamento amarelo – Do It Yourself

Essa é definitivamente uma novidade. Chegou a hora de desenhar o casamento mais importante do qual eu participarei: o meu. Como sou fã do conceito Do It Yourself, resolvi topar esse desafio (pelo menos em partes)! Os esboços começaram 18 meses atrás e culminam na data de hoje, 04 de julho de 2015, quando nos casamos. O resultado? Clique abaixo para saber mais.

Read moreDesenhando um casamento amarelo – Do It Yourself

Rebel T5 (1200D): uma pequena valente

Quase 2 anos se passaram desde que dei o salto para full frame com a 6D. Minha segunda câmera, a saudosa Rebel XTi, continua comigo, porém achei importante fazer um upgrade para uma câmera crop com resolução maior e que pudesse servir como segundo corpo. Dizem que a melhor câmera de backup é aquela que é igual a sua câmera principal, mas como não sou abastado optei pela EOS Rebel T5 – também conhecida como 1200D. Eis minha breve análise (review) sobre ela após quase mil fotos (500 delas em um casamento) e a resposta para a pergunta: é boa o suficiente para ser usada profissionalmente? Leia mais clicando abaixo.

Read moreRebel T5 (1200D): uma pequena valente

Canon LP-E6: Baterial Falsa vs Original

Recentemente resolvi comprar uma nova LP-E6, mas já li muitas histórias em fóruns a respeito de baterias que se parecem, são vendidas como originais, e inundam o eBay (e também nosso Mercado Livre). Como se trata de um acessório bastante comum, utilizado em diversos modelos da Canon (5D, 6D, 7D, 70D, 60D…), resolvi compartilhar as informações que encontrei a respeito do assunto. Clique abaixo para ler mais.

Read moreCanon LP-E6: Baterial Falsa vs Original

The future of law enforcement!

Já falei aqui sobre como conseguir o Daileon foi a realização de um desejo da minha infância. Também já falei sobre como sempre quis ter uma réplica de um F-14 Tomcat e, depois de adulto, consegui realizar. Pois bem, realizei mais um: ter o meu próprio Enforcement Droid Series 209.

Até o começo dos anos 2000 a única alternativa para quem queria uma réplica decente do Robocop era montar um kit Horizon (lançado em 1989) e torcer para ser bom na pintura metálica. Foi em 2004 que a McFarlane Toys lançou uma action figure fantástica e, pela primeira vez, todos os fãs teriam um Robocop com “verossimilhança” ao filme pronto para exibir e “brincar”. A partir daquele momento iniciou-se uma espera angustiante por uma figura do ED-209 que pudesse fazer companhia ao Robo. Algum tempo se passou e o ED finalmente foi lançado em 2006, porém em escala menor, pela Kotobukiya no Japão. Veio a Hot Toys e no mesmo ano lançou o Robocop e finamente o ED em escala 1/6 – muito maior e mais caro, o ED-209 possuía algumas articulações, mas pecava em alguns detalhes. Passam-se mais alguns anos e a NECA entra no jogo, lançando diversas versões do Robocop  mas sem nunca sugerir um futuro Eddie. Chega 2012 e a Hot Toys, agora muito mais detalhista, anuncia novas versões do Robocop e ED-209 com detalhes incríveis e articulação digna do boneco stop-motion usado no filme. O preço? U$ 299 pelo Robo e U$ 399 pelo Eddie. Apesar do custo proibitivo eu pensei em me programar para comprá-las, mas o bom senso (e o casamento) falou muito mais alto, então simplesmente aceitei que talvez jamais fosse ter um ED-209 para fazer companhia ao Robocop do McFarlane. Foi então que a NECA me surpreendeu. Leia mais clicando abaixo.

Read moreThe future of law enforcement!