06.06.16

Diário do Novo Ka 2015 – Parte III – O Primeiro Ano

Posted in Random Thinking at 2:08 pm by BP

Como o tempo passa. Completamente apaixonado pela vida de casado, mas se tem algo que ainda não me acostumei é com o rodar apressado dos dias, semanas e meses. Dessa forma, diversos projetos pessoais e coisas que gostaria de fazer, fotografar e escrever, acabam ficando de lado. Minha primeira pendência no blog é encerrar esse primeiro ano de Ford Ka.

Continuo fã do carrinho, que não me deixou para trás em nenhum momento. Nestes 12 meses e 10.000km rodados não tive problema com forros das portas descolando, não tive problemas com barulhos irresolúveis (recomendo que visitem esse canal no Youtube para resolver alguns), porém percebi que o banco do motorista afundou um pouco – algo que a garantia da Ford já se propôs a trocar. No demais, tudo continua certo. Ainda me regozijo na tecnologia embarcada do carro, no acerto da posição de dirigir, nos itens de conforto e segurança que a versão SEL traz (o auxílio de rampa, o controle de estabilidade que me foi extremamente útil algumas semanas atrás quando precisei frear para não atropelar um cão arrependido, entre outros). Me atrevo a dizer que ainda hoje é o carro que eu buscaria, especialmente após a adoção de novos itens de série e o ISOFIX nos modelos 2016 (ainda não sou pai, mas pretendo ser). Regularmente tenho a chance de compará-lo ao Fiesta S, da minha sogra e de valor parecido, e o Ka simplesmente tem mais apelo para mim – especialmente pelo espaço interno. O Fiesta tem seus charmes, melhor isolamento acústico, mas em itens de tecnologia e conforto o Ka SEL é bem mais prazeroso.

Espero continuar com a mesma opinião pelos anos seguintes (não sou do tipo que troca de carro a cada ano). Por hora mantenho minha recomendação sem dúvida alguma. Inclusive se precisasse comprar um segundo carro, mais simples, faria um grande esforço para conseguir comprar outro Ka e ter o 1.5 para viagens e o 1.0 para dia-a-dia. Sonho meu. Deixa eu voltar ao trabalho pois preciso pagar as contas.

Leave a Comment