Dell Inspiron 7000 – Parte I: Problemático ou não?

Recentemente adquiri um Inspiron 7572, mas não sem antes pesquisar muito a respeito. Foram meses acompanhando fórums para descobrir quais eventuais problemas poderiam aparecer, entre eles o tal thermal throttle que reduz o processamento da CPU e da GPU para evitar atingir temperaturas mais altas – o terror de todo gamer.

Como minha intenção não é jogar com o novo notebook, mas sim ter uma máquina leve, com tela IPS, capaz de rodar esporadicamente tarefas mais pesadas (como edição e renderização de vídeos), me aventurei com o modelo 7572 e até o momento tenho sido um usuário satisfeito com o computador. A seguir vou debater sobre algumas reclamações que li e vou tentar ajudar quem quiser usufruir o melhor deste notebook, ou quem está na dúvida se compra ou não. As observações valem tanto para os notebooks com Intel da 8ª geração (7472 e 7572) quanto para os anteriores da 7ª geração (7460 e 7560). Vamos começar pelos defeitos relatados, clicando abaixo:

  • Thermal Throttle na GPU: na busca por notebooks cada vez mais finos o grande sacrifício tem sido o desempenho dos sistemas de refrigeração. No caso da série Inspiron 7000 a Dell não caprichou, e conta somente com uma ventoinha para refrigerar tanto o processador quanto a placa de vídeo (o mesmo que a grande maioria dos notebooks convencionais). O triste é saber que a Dell poderia ter feito melhor, pois a linha XPS que é ainda mais compacta conta com duas ventoinhas (porém custa o dobro do Inspiron aqui no Brasil). Nos modelos 7460/7560 a GPU MX940 reduz o seu clock no momento em que atinge 70º C, e no caso dos modelos 7472/7572 com a GPU MX150 esse gargalo é atingido já com 67ºC. Existem algumas soluções para isso, todas elas explicadas detalhadamente neste tópico do fórum da Adrenaline, mas que falarei de maneira resumida. Através do software Asus GPU Tweak você pode configurar a placa de vídeo para atingir limites maiores de temperatura, reduzindo assim a queda de desempenho em jogos. O problema é que aumentando a temperatura da placa de vídeo você consequentemente aumenta a temperatura do seu processador, pois estão conectados no mesmo sistema de refrigeração. Uma solução seria trabalhar com undervolting, reduzindo a voltagem do seu processador para que ele diminua um pouco sua temperatura. Li a respeito e aparentemente não há problema em realizar undervolting (só benefícios), bastando encontrar um valor ideal para a sua máquina (no meu caso, -85.0 mv parece ser esse valor estável). Para tal, você deve utilizar o software Throttle Stop. Das duas modificações a única que realizei foi o undervolting, porém não notei muita diferença até por que não rodei benchmark. Uma outra sugestão citada para diminuir um pouco o gargalo é a instalação desses drivers mais antigos do Intel Dynamic Platform and Thermal Framework, que supostamente devem resolver a questão, mas também não testei.  Acredito que quem for utilizar o notebook para jogar deve sempre trabalhar com uma base refrigerada – a Targus faz modelos discretos e sofisticados, por isso recomendo.
  • O Windows fica travando, utilizando 100% de recursos da CPU, HD terrívelmente lento: sou novato com o Windows 10, mas já percebi que agora a Microsoft automatizou as atualizações do Windows de maneira que elas serão baixadas e instaladas durante o uso do computador, queira você ou não. Se você acabou de pegar seu notebook e já nos primeiros dias ele está com desempenho abaixo do esperado, provavelmente isso se deve ao fato de que o sistema está sendo atualizado enquanto você executa suas outras tarefas. Quando peguei o notebook o Windows só foi terminar de atualizar no terceiro dia de extenso uso (e pode demorar ainda mais dependendo da sua conexão), pois a versão que vem de fábrica é antiga e está desprovida de todos os updates mais recentes. Essa lentidão pode ser experimentada um pouco mais por quem comprou a versão com HDD, pois ele roda somente a 5400 rpm (novamente de acordo com a maior parte dos notebooks do mercado). Instale um SSD e seja feliz, vale muito a pena.
  • Áudio travando e pipocando: uma solução simples para aquele que talvez seja um dos maiores problemas da Dell e que atinge outros notebooks da marca, inclusive os gamers – de uma hora para outra o som começa a travar ou pipocar, tornando a experiência de ouvir uma música, assistir um filme ou jogar, uma verdadeira tortura. Aparentemente o grande vilão é o software SmartByte, que segundo o site da Dell deveria “analisar largura de banda máxima em seus vídeos ou músicas, proporcionando experiência perfeita e sem interrupções“, mas que faz justamente o contrário. A simples solução é desinstalar o tratante. Apenas fique atento, pois se você deixar habilitadas as atualizações automáticas no Dell Support Assist, ao reiniciar o computador o SmartByte aparecerá novamente. Esse procedimento foi a primeira coisa que fiz quando recebi o meu Inspiron e até o momento não ouvi nenhum áudio pipocando. Se remover o SmartByte não resolver, outra alternativa é ir em Som > Propriedade dos Fones de Ouvido / Alto Falatantes > Avançado e mudar o som de 24 bits para 16 bits.
  • Problemas com WiFi caindo ou devagar: ver tópico acima. Sim, o SmartByte também influencia na operação da sua placa de rede. Outra solução (que não é exatamente a melhor possível) é desabilitar o Bluetooth, que aparentemente foi desenvolvido pela mesma fabricante da placa de rede e que também pode gerar interferência com o sinal de WiFi. Na dúvida, recomendo atualizar os drivers primeiro através da Dell e se não de certo reinstalar a partir do Windows Update. deixando o desabilitar só para último caso.
  • A tela do notebook é amarelada: na verdade é algo mais relativo a percepção de cada um, pois particularmente não notei um amarelado demasiado na tela utilizada neste note, porém existem alguns notes que possuem telas com tons mais frios (ex: um branco mais azulado). O Inspiron 7000 está de acordo com outras telas IPS da Dell que já utilizei. Se incomoda muito, dá pra fazer uma calibragem básica utilizando o próprio Windows para chegar nas cores que te agradam, bastando entrar no “Calibrar Cores do Video“. Sempre editei imagens nos painéis da Dell e nunca tive problema com isso, afinal, quem trabalha nessa área sabe que não importa o quanto você calibre seu equipamento: você nunca saberá em qual tela o cliente vai visualizar sua foto, quanto menos em qual lab ou gráfica seu trabalho vai parar. Aproveite o fato de que este é um dos poucos notebooks no Brasil que trazem um painel IPS de qualidade. Quer ver uma tela amarelada de verdade? Grande parte dos celulares Motorola G2, Moto G3 etc tem uma tela com um amarelado que me incomoda bem mais e que realmente influenciam na percepção das cores.
  • A tela apresenta bleeding: para quem não sabe, bleeding é o termo utilizado para identificar vazamentos de luz (manchas esbranquiçadas ou amareladas) que podem acontecer nas laterais do painel LED e que geralmente são percebidos quando são exibidas imagens escuras (como na tela de boot, onde só há o logotipo da Dell contra um fundo preto ou durante a reprodução de algum filme com cenas escuras). Lamento dizer, mas nessas dimensões compactas e nessa faixa de preço dificilmente você conseguirá um painel perfeito. A série 7000 se destaca justamente por possuir uma tela fina e com bordas quase infinitas, de tão pequenas. A iluminação dos LEDs nesse tipo de painel IPS é lateral, e por conta disso é extremamente difícil conseguir um preto uniforme. O mesmo ocorre com televisores LED da LG (sei bem disso pois acompanhei fóruns e os debates dos entusiastas algum tempo atrás, quando resolvi comprar um novo aparelho para a sala). Esses bleedings podem aumentar ou diminuir com o tempo se você forçar ou apertar a tela, mas não devem ser perceptíveis quando estiver trabalhando com imagens claras – se for, o seu caso provavelmente é extremo. Minha sugestão: a não ser que o seu caso seja extremo (sendo possível notar o vazamento de luz mesmo com imagens claras), não tente trocar por outra máquina pois poderá vir pior. Cuide bem da sua tela e nunca a pressione, nem coloque pesos em cima. Ressalto novamente que a tela do Inspiron 7000 é um espetáculo a parte quando comparado com outros laptops, e recomendo para todos os que procuram um notebook para editar fotografias ou trabalhar com design gráfico. Só não recomendo para quem precisar usar a maquina em ambientes externos, pois ela não tem brilho o suficiente para vencer a luz do sol e apresenta muitos reflexos.
  • Defeitos de acabamento: nos fóruns já ví todo tipo de comentário sobre falhas no acabamento. Uma pessoa relata que a tela veio mal encaixada, a outra diz que ao fechar o notebook um dos lados da tela não fecha por completo (fica milímetros um pouco mais alto), outro fez vídeo mostrando que o notebook fica “bambo” quando colocado sobre uma mesa, alguns ainda dizem que o touchpad aparenta estar mal encaixado (solução apresentada nesta página) e assim por diante. Minha unidade não veio com nenhum desses problemas, mas também não estou procurando por falhas de alinhamento com um régua nas mãos.
  • Atenção para o vício oculto: algo importantíssimo e que foi relatado por mais de uma pessoa após meses de uso é o aparecimento de pequenas marcas na tela, como se fossem bolhas ou riscos. Aparentemente o problema está no fato do teclado conseguir tocar a tela quando o notebook é fechado, o que indicaria uma falha no design do produto e que poderia ser caracterizado como vício oculto. Minha sugestão é que desde o primeiro dia você coloque algo fino e macio sobre o teclado quando for fechar o notebook. Sugiro que pegue o plástico onde veio o notebook, onde um dos lados é macio, recorte um tamanho suficiente para cobrir a área do teclado e sempre utilize quando for fechar e guardar o seu Inspiron. Dessa forma pretendo conservar essa tela por muito, muito tempo.

Essas são as principais observações negativas que vi nós fóruns nos últimos meses.  Não acredito em computador perfeito, mas sempre que você vai comprar um item tão caro é importante saber como tem sido a experiência das demais pessoas. Particularmente não sofri com nenhum desses problemas acima, porém é sempre bom ficar atento ao que pode acontecer. Volto em breve com a minha impressão após as primeiras semanas de uso.

Leave a Comment