Compras @ USA

Entrar em lojas de eletrônicos nos EUA realmente e uma das melhores sensações que um gadjet freak como eu poderia ter. Imagine um lugar onde todas as lojas de eletrônicos pareçam uma FNAC, porem onde você possa encontrar preços absurdamente acessíveis.

Muito bem, apenas para uma comparação de preços: um boneco do Jack Bauer, que no Brasil sai por mais de  R$ 100 no Mercado Livre, esta por U$ 15,00. Ace Combat Zero que no Brasil eu quase comprei por R$ 200, aqui eu comprei por U$ 30. E estes são apenas alguns exemplos…

Uma coisa bastante interessante eh que as lojas de eletronicos vendem títulos de DVD e jogos usados por preços absurdamente convidativos. Comprei alguns títulos de PS2 que não se encontram mais para vender por U$ 10,00 cada, sendo que todos estavam em ótimas condições e ainda possuíam o manual de instrução (alem de garantia o.0). No Brasil, comprei um titulo usado no Mercado Livre por R$ 50 (sem contar o frete que paguei)… blah. Definitivamente este eh o paraíso para caras como eu :~

Primeiras Impressoes

“Ladies and Gentlemen, welcome to New York”, disse o piloto ao fazer o touchdown. Uma salva de palmas foi desferida por boa parte dos passageiros (com certeza turistas). E foi de extrema euforia os primeiros minutos em NY. 

Boeing 777   Miami

O vôo de SP ate Miami foi longo, muito longo. Embora o avião (um 777) tivesse diversas opções de canais e áudio (cada assento possui um touchscreen LCD), nada faz esquecer o desconforto das quase 6 horas de viagem (desconforto que aumenta quando se tem 1.93m). Chegando em Miami, ao olhar pela diminuta janela o horizonte completamente plano me deu uma sensação bem estranha. E muito bacana, porem da a impressão de que esta faltando algo (morros, subidas ingrimes e coisas do tipo). Mais estranho ainda e ver as casas sem muros… definitivamente bem diferente da realidade brasileira, onde as casas se transformam em fortalezas com muros altíssimos e cercas elétricas. Do aeroporto ate Bridgeport (onde estou agora) ficou claro uma coisa: tudo e muito, muito parecido. Você muda de cidade, de estado, porem toda a região e semelhante. Casas iguais, ruas iguais, isso tudo deve despertar um certo incomodo nas pessoas após alguns anos morando aqui. Ah, um detalhe com o qual estou demorando a me acostumar: 5 horas da tarde e o sol praticamente já se foi… uma pena para quem é amante do horário de verão como eu.

Em breve: compras.

PS: esta faltando acentuação, pois ainda não consegui decifrar o teclado padrão americano xP Os poucos acentos que vocês vêem partem da autocorrecao do Office (versão BR).